Plásticos de Engenharia

Nylon

O Nylon é um termoplástico com uma estrutura molecular cristalina, obtido a partir da poliamida 6.0 e 6.6, cujas excelentes propriedades mecânicas, elétricas e térmicas permitem as mais variadas aplicações nos mais diversos ramos da Indústria.

O Nylon 6.6 por ter em estrutura um numero maior de carbono se diferencia por uma rigidez superior e pela baixíssima absorção de umidade. O Nylon 6 tendo uma absorção de umidade maior ganha na tenacidade do material.¨Essas características fazem do Nylon um solução completa para a linha de peças de engenharia.

  • Baixo peso específico (1,14 g/cm3)
  • Autolubrificante
  • Ponto de fusão
  • Excelente isolaste elétrico
  • Auto-extinguível (com aditivo)
  • Não acumula energia estática
  • Permite aditivação
  • Boa resistência química
  • Tratado termicamente (Livre de tensões internas)
  • Inerte a ataques biológicos
  • Baixo ruído - amortece vibrações e pesos
  • Tenacidade
  • Temperatura de trabalho - 40 a 100 ºC
  • Facilidade de usinagem
  • Boa resistência ao desgaste

Aplicações

Engrenagens, cremalheira, roscas sem-fim, roldanas, polias, parafusos, buchas, chavetas, anéis de vedação, gaxetas.

Estrelas alimentadoras, roletes, sapatas, lâminas reparadoras, chapas de desgastes, placas deslizantes, bases de corte.

Canecas e caçambas transportadoras.

  • Baixo peso específico (1,14 g/cm3)
  • Alta resistência ao desgaste e à abrasão
  • Ponto de fusão elevado
  • Permite aditivação
  • Excelente isolação térmica e elétrica
  • Boa resistência a agentes químicos
  • Temperatura de trabalho - 30 a 110 ºC
  • Auto-extinguível
  • Auto lubrificante
  • Tratado termicamente
  • Tenacidade
  • Facilidade de usinagem

Aplicações

Engrenagens, roscas sem-fim, rodas, roldanas, chavetas, cremalheiras, cames e buchas.

Estrelas alimentadoras, roletes, sapatas, placas deslizantes, lâminas raspadoras, guias.

Canecas e caçambas transportadoras

  • Alto ponto de fusão
  • Alta resistência a abrasão
  • Boa resistência ao desgaste
  • Autolubrificante
  • Boa resistência química
  • Inerte a ataques biológicos
  • Facilidade de usinagem
  • Alta resistência dimensional
  • Baixo nível de ruido

Aplicações

Engrenagem para máquinas, réguas guias, rodas dentadas, guias de correntes, discos deslizantes, lâminas limpadoras, sapatas de deslize, mancais de atrito, rolos de cabo.

Dimensões e Formato

  • Bastões com diâmetros de 50 a 500 mm
  • Chapas em espessuras de 8 a 125 mm

Polipropileno

Polipropileno é um termoplastico industrial proveniente de processo catalítico do propeno ou propileno , caracterizado pela excelente resistência ao calor, alta dureza, boa rigidez, resistência a maioria dos agentes químicos e totalmente reciclável. Excelente para fabricação de tanques, conexões e tubulações para produtos quimícos, podendo também ser estampado, moldados e facilmente usinado dando muita versatilidade a este plásticos.

  • Elevada resistência química
  • 100% Reciclável
  • Resistente a altas temperaturas até 100°C
  • Resistência a fratura
  • Impermeável
  • Isolante elétrico
  • Não transfere odores
  • Boa claridade
  • Termo-soldavel
  • Atóxico

Tanques para indústria química, tubulações e conexões em áreas fabris, grelhas, tampas, moldes, estrelas, rosca sem fim, diafragmas, lavadores de gás, caixas d´agua, tampas.

  • Bastões com diâmetros de 6 a 300 mm
  • Chapas em espessuras de 1 a 140 mm

* Chapas na cor cinza e preta contem aditivo com anti-UV.

PolietiLeno - PEAD

Polietileno é um polímero simples, proveniente da polimerização do etileno. Sendo um material atóxico e impermeável, o que confere ao termoplástico PEAD característica excelentes para peças técnicas dos mais o complexos processos e equipamentos da industria alimentícia, assim como para uso no dia a dia em balcões e tabuas para manuseio de carnes e peixes dentre outras utilizações.

  • Atoxidade
  • Baixa absorção de umidade
  • Excelente resistência química
  • Auto deslizante
  • Soldável, moldável e estampável
  • Boa resistência ao impacto

Peça que necessitem de contato com alimentos como utensílios domésticos (tábuas de corte, socadores, colheres, cabo para faças), gaxetas, buchas, mancais, anéis de vedação.

  • Bastões com diâmetros de 6 a 300 mm
  • Chapas em espessuras de 1 a 140 mm

* Chapas na cor cinza e preta contem aditivo com anti-UV.

PTFE

PTFE é um termoplástico proveniente da polimerização de tetrafluoroetileno comprimido e congelado, e com suas propriedades de inercia a maioria dos produtos quimícos, alta temperatura de trabalho e excelentes propriedades elétricas revolucionaram o mercado de plasticos de engenharia.

Podendo ainda ser aditivado com cargas minerais e metalicas PTFE poderá ter o seu desempenho ainda mais otimizado, aumentando a resistencia mecanica, diminuindo o atrito, aumento da dureza e aumento da sua condutividade termica e mecanica.

Poliacetal

Poliacetal (POM) é um termoplástico bem próximo ao Aço, proveniente de FORMOLDEIDO, o que lhe garante propriedades e características bem marcantes como dureza excepcional, resistência a abrasão, resistência a agentes químicos e alta estabilidade dimensional sendo um excelente material para usinagem.

  • Elevada resistência química
  • 100% Reciclável
  • Resistente a altas temperaturas até 100°C
  • Resistência a fratura
  • Impermeável
  • Isolante elétrico
  • Não transfere odores
  • Boa claridade
  • Termo-soldavel
  • Atóxico

Engrenagens, buchas, mancais, roldanas, eixos diversos, componentes eletrônicos, vedações, elementos de mola, elementos de misturadoras, invólucros, componentes de equipamentos para indústria alimentícia.

  • Bastões com diâmetros de 6 a 300 mm
  • Chapas em espessuras de 1 a 140 mm

Pe-UHMW

O PE-UHMW (Polietileno Ultra alto peso molecular) é o polietino de altíssima densidade molecular o que confere maiores propriedades físicas e mecânicas. Além da atoxicidade, excelente resistência química do polietileno este termoplastico proporciona alta resistência ao impacto e baixíssimo coeficiente de atrito. Proporcionando alto desempenho quando utilizado em recobrimento de silos, guias, próteses ortopédicas entre outras.

  • Alta resistência a abrasão;
  • Altíssima viscosidade
  • Resistência ao impacto
  • Alta resistência a compressão
  • Alta resistência Química
  • Inodoro, insípido
  • Atóxico
  • Absorção de ruidos
  • Excelente para serem usinados, furados, cortados, serrados.

Roletes, guias de correntes, buchas, tencionadores de correntes, perfis, componentes de isolamento, próteses ortopédicas, tanques de galvanização, recobrimento de silos, revestimento de caçambas e carroçaria de caminhões.

  • Bastões com diâmetros de 10 a 300 mm
  • Chapas em espessuras de 2 a 140 mm

Poliuretano

Também conhecida como PU, é um tipo especial de material termocurado, caracterizado por sua ampla faixa de dureza, onde combina a flexibilidade da borracha e a dureza dos plásticos estruturais. O poliuretano possui as propriedades que permitem suportar altas cargas, impactos, abrasão, compressão, resistência ao oxigênio, ozônio, óleos, etc. O poliuretano é apresentado, dentro da faixa de dureza entre 20 Shore A e 75 Shore D, com ou sem aditivos, na forma de peças técnicas ou de semi-acabados.

Por possuir facilidade de usinagem em equipamentos convencionais, a o poliuretano é muito mais econômico, pois elimina os custos de ferramentais próprios na confecção de pequenas quantidades de peças.

Fabricação de vedações dos mais variados tipos: gaxetas, raspadores e retentores, por apresentar alta resistência à abrasão, à ruptura e à extrusão, suportando carga em pressões extremas de até 400 kg/cm em regime de trabalho estático e dinâmico.

Podemos considerar o Poliuretano como uma ponte entre as borrachas e os plásticos estruturais, pois combina muitas das propriedades desejáveis em ambos, oferecendo amplas aplicações como: ciclones e roletes, amortecedores e coxins, peneiras para mineração, socas para fundição, espátulas para serigrafia, diagramas e membranas, etc.

Com base em ensaios de laboratório, apresentamos uma tabela de resistência química do Poliuretano a alguns produtos. Salientamos que esta deve ser usada como guia, pois o grau de compatibilidade de um elastômero com um fluxo determinado depende também de váriáveis como: temperatura, aeração, velocidade do fluxo, duração da exposição, estabilidade do fluído, grau do contato, etc. Aconselhamos o ensaio do material sob condições práticas de desempenho, antes de especificá-lo.

Obs.: Aconselhamos não utilizar Poliuretano em contato direto com produtos alimentícios.