English Portuguese Spanish Rua Frederico Esteban Júnior, 230 - São Paulo - SP

Como definir o material para a minha fachada

Fachadas são consideradas como uma espécie de cartão de visitas de qualquer estabelecimento, seja comercial ou residencial. Deste modo, é importante dedicar todo um cuidado especial para estes elementos, que são fundamentais para assegurar uma transição visual agradável dos ambientes externo e interno de um lugar.

Para escolher o melhor tipo de material, e que seja mais adequado para aplicar na sua fachada, é importante que você leve em consideração alguns aspectos.

Condições relacionadas ao clima, umidade, exposição ao sol e desgaste natural vão influenciar na escolha do revestimento da fachada.

Existem variados tipos de revestimento e cada um com suas particularidades. Dependendo das características do imóvel, como a presença de muros, varandas ou garagens, você pode optar por aquele que melhor se adeque às suas necessidades e gostos.

Alternativas práticas

A pintura pode ser uma boa escolha para revestir a sua fachada.

A simplicidade de sua aplicação faz com que seja muito utilizada como revestimento externo.

Os pontos positivos são o custo baixo e a praticidade em usar como fachada. Por outro lado, se exige uma manutenção regular, por conta da exposição a variáveis, como o sol e à chuva.

A sua pouca resistência pode fazer com que se descasque ou manche com o tempo, necessitando de novas aplicações que garantam a proteção e a estética do lugar.

Deste modo, a pintura não é apropriada para imóveis com muita umidade.

Outra interessante alternativa econômica para a sua fachada é o concreto.

Ele proporciona um estilo industrial e versátil para o lugar, contando com opções de tonalidade que variam entre o cinza e o branco.

O concreto não apresenta revestimento e nem necessita de manutenção, além de ser bastante durável.

O custo menor e a disponibilidade de diferentes cores e acabamentos tornam a argamassa e o reboco outras boas alternativas. Podem ser uma excelente saída para residências e edifícios que possuam paredes de tijolo.

Pedras também podem ter uma boa utilidade para a sua fachada. Além de propiciar uma aparência, ao mesmo tempo rústica e moderna para o seu imóvel, elas são econômicas, pois requerem poucos gastos com manutenção.

Elas proporcionam ainda um bom isolamento acústico, além de térmico, e também contra a umidade. São ainda duráveis e resistentes, dependendo do tipo utilizado.

Outras alternativas

A escolha da madeira como revestimento de fachada pode ser uma interessante ideia, mas alguns cuidados precisam ser tomados.

Elas costumam ser vulneráveis à umidade, aos raios solares e às mudanças de temperatura, portanto ela vai necessitar de tratamentos eficientes contra xilófagos, fogo, umidade e radiação solar.

Você pode optar ainda por fachadas formadas por paredes de vidro. Nelas, as fachadas tornam-se um vão para o exterior, em que as molduras e partições protegem contra o sol.

Se o seu imóvel está localizado em um lugar com alta umidade de ar, pode ser uma boa ideia recorrer à fachadas revestidas de porcelanato.

Elas são resistentes, impermeáveis e apresentam um acabamento uniforme e refinado, sendo ainda bastante duráveis. Existe ainda a possibilidade você utilizar tijolos maciços na sua fachada, deixando-os visíveis como revestimento.

Entre em contato pelo nosso formulário de orçamento ou pelo telefone: 11 2360-2601


Solicite um orçamento