Escolha uma Página
Plásticos de engenharia: saiba como a sua utilização está evoluindo atualmente

A indústria da transformação tem presenciado um momento de grandes inovações com os plásticos de engenharia. Esse material tem propriedades superiores às commodities
tradicionais, apresentando vantagens se comparados à diversos materiais já utilizados no mercado. Maior resistência, melhor performance, menor custo com manutenção são alguns dos
principais aspectos destes tipos de plástico. Além de serem uma ótima opção para substituir metais, cerâmica e outros. Mas, o que é e quais as aplicações do plástico de engenharia?

Principais usos dos plásticos de engenharia

Os plásticos de engenharia são considerados materiais de alto desempenho. Isso significa ter boas propriedades de resistência ao calor e às forças mecânicas, sem perder as suas características vantajosas. Por isso, seu uso pode ser visto em diversos segmentos da indústria, especialmente em peças de máquinas que demandam alto desempenho.

Sendo assim, os principais mercados de plásticos de engenharia incluem as indústrias de alimentos, petróleo e gás, produtos químicos, aeroespacial, elétrica, eletrônica e de semicondutores, automotiva e outras.

Os principais tipos de plásticos de engenharia e sua evolução

O Nylon é o plástico de engenharia mais utilizado na indústria, uma vez que substituiu diversas peças de metais trazendo inovação e redução de custos.

O UHMW (Ultra Alto Peso Molecular), se destaca pela sua enorme resistência à impactos e à abrasão. Ele é um dos tipos de Polietileno que mais se destaca. O uso deste plástico de engenharia na indústria é mais conhecido no revestimento de silos e caçambas transportadoras, pois aumenta a vida útil do equipamento e otimiza tempo na descarga do material.

O Policarbonato combina duas características positivas do vidro, que são essenciais na indústria: transparência e resistência.

Esses modelos de plástico tão sofisticados só são possíveis por conta da constante evolução do setor de transformação. De lá para cá, a indústria do plástico de engenharia apenas evoluiu. Na década de 20, por exemplo, ocorreu a conhecida década de ouro da indústria da transformação, em que foi descoberta a borracha e foram dados os primeiros passos em relação aos polímeros que fazem parte de diversas estruturas modernas.

Atualmente, o maior desafio dos plásticos de engenharia é a obtenção de matérias sustentáveis, com opções biodegradáveis e que favoreçam a reciclagem. Outro propósito é criar materiais e substâncias cada vez mais eficientes, de modo que o resultado e o uso dos recursos alcancem excelência em custo-benefícios e performance.

Em resumo, os plásticos de engenharia são importantes não só porque podem substituir outros materiais, reduzir custos e trazer melhor performance e qualidade superior, mas também pela forte preocupação ao modelo sustentável.

A Missão da Plastireal é trazer soluções para esses mercados que utilizam plásticos de engenharia. Quer conhecer como estes materiais podem atender sua empresa? Então entre em contato conosco!

Por: Plastireal

29 de agosto de 2019

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO

Aqui buscamos compreender suas necessidades!
Ficamos à disposição para ouvir suas dúvidas, reclamações e sugestões.
Pedimos por gentileza que deixe seus contatos para que possamos responder da melhor forma possível.

Endereço

Rua Frederico Esteban Júnior, 230 | CEP 02357-080
São Paulo - SP 

Telefone

Expediente

Segunda - Quinta:
8:00 - 18:00h
Sexta:
8:00 - 17:00h

Sábado - Domingo:
Fechado

Baixe agora nosso catálogo

Preencha com seu E-Mail

Obrigado por se inscrever!